A caridade

Perdoar a quem nos ofende

também é grande caridade

é ter compaixão com o outro

é vestir-se de humildade.

A caridade não se melindra 

estende a mão e perdoa

promove o dialogo e a paz

não ofende, não magoa.

Ela é paciente,bela e doce

nunca se mostra invejosa

A caridade não é interesseira

jamais se irrita, é bondosa.

Falar a linguagem dos anjos

e não praticar a caridade

é não brilhar no amor

é não saber amar de verdade.

Lucineide

Exibições: 29

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Sílvia Mota em 31 dezembro 2015 às 11:47

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço