A pérola do colar que enfeita meu pescoço [Soneto Alexandrino]

Foto pessoal, 2007

A pérola do colar que enfeita meu pescoço
 Divina e bela flor – me chamas introverso –

mas louca, assaz ousada - em páramo infinito –

um bel jardim campeio às orlas do Universo,

qual do Ocidente a rúbia insensatez é rito! Não sabes nada em mim – não vês nenhum reverso –

e às chamas desse amor - és fantasia, és mito –

alisas meu cabelo a cada verso inverso,

sou fama em ti nascida e o mundo é tão bonito! Se queres casta flor – flamejo ardente dama,

pois meu frescor de rosa assume sem cautela

secreto encanto audaz - e quero ser perfeita!

Um beijo quente aspiro - o meu pescoço inflama,

suplica a língua em lança e, delicada e bela,

almejo ser-te pura - a pérola que o enfeita!


Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 9 de outubro de 2009 – 1h11
Fundo musical: ♥Bobby Solo. Io che non vivo senza te♥

 

Exibições: 487

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 2 novembro 2017 às 16:26

 Queridíssima amiga poeta Vera Regina Cazaubon, o teu comentário enriquece a minha alma de ternura. Muito obrigada. Beijossssssssssssss

Comentário de Vera Regina Cazaubon em 2 novembro 2017 às 12:52

 Magnífico minha diva dos sonetos, belíssimo, aplausos, beijokas com carinho

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 27 outubro 2017 às 23:00

 Querida amiga e poeta Sandra Galante,

Teu comentário engrandece a minha poética e enfeita a minha noite...

Muito obrigada!

Beijosssssssssssss

Comentário de Sandra Galante em 26 outubro 2017 às 15:10

 Uauuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!

Simplesmente perfeito! Sou tua fã!

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 9 maio 2016 às 1:09

Estimado Eduardo Eugênio Batista,

Tuas palavras engrandecem minha poética.

Sinceramente, muito obrigada.

Beijosssssssssss

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 9 maio 2016 às 1:08

Querida Elza Ghetti Zerbatto,

Agradeço tua visita e comentário.

Beijossssssssssss

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 9 maio 2016 às 1:08

Estimado Geraldo Coelho Zacarias,

Sempre presente nos meus versos...

Sinto-me feliz e honrada.

Beijossssssssssss

Comentário de Eduardo Eugênio Batista em 15 fevereiro 2016 às 23:58

Nossa! Isto é absurdamente lindo. Cada palavra se encaixa perfeitamente como se fosse em um quebra cabeças. Ultimamente eu não me lembro de ter lido um Soneto Alexandrino de tamanha envergadura de beleza e de extrema sensibilidade poética. Parabéns! Abraços.

Comentário de Elza Ghetti Zerbatto em 11 fevereiro 2016 às 6:59

Parabéns mestra!

abração com carinho

Comentário de Geraldo Coelho Zacarias em 9 fevereiro 2016 às 13:00

De jóias preciosas enfeitados são teus escritos; e uma verdadeira pérola

é esta com que nos brindaste!...

Aplausos, minha  cara poetisa, pela jóia rara...

Aplausos e beijos fraternos.

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...