alinhavo de amor

 

nesta vida pela qual alinhavo

cismas, tertúlias e agravos,

à  espera  como escravo,

dando-me à heroico-bravo.

amor-apaixonado, escravidão,

apaixonado-amor, flor em botão.

nessa ilusão,  como amar então?

a mansuetude me invade

em  desesperada  atitude.

o sentimento me expande

ainda que me mexendo,

e nada entendendo,

tampouco, ande.

o  pensamento  me ilude.

gotejar melífluo e amiúde.

na  trama dessa  entretela

linda  imagem  vem  à  tela.

o  desespero  me  interpela:

sobre  este amor tão grande.

outra vez a paixão me invade.

posso  amar sem  ser  amado,

é o  verso do  verdadeiro  lado.

versejado,  verso   apaixonado.

inverso  dum  amor  atraiçoado.

amor,    sentimento   intrincado.

por  mim,  Ele  foi:   crucificado,

por Ele também  fui  perdoado.

Ele - Amor estão misturados.

aqui   começa   o  alinhavo

pra ficar  bem  costurado.

por ele nasci deste lado.

às  vezes  atormentado

procuro-O   no  escuro,

quiçá, por ele seja achado

enferrujado atrás dum muro

escondido de  algum  apuro.

achado pelo meu pecado,

ai  estarei  bem apurado,

pelas obras assegurado.

vou  amando sem saber

sobre o amor sabedoria,

sem nada dele entender.

saber, como eu gostaria.

 

como sou ignorante...

 

quem pode explicar o amor?

 

Jbcampos

 


Exibições: 34

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Jbcampos em 7 junho 2018 às 0:07

É isso aí, Margarida, bela foi a sua observação. Grato sempre.

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 6 junho 2018 às 20:15

Alinhavo é uma sequência de pontos provisórios até que não se costure adequadamente uma peça ou tecido.

No seu belíssimo poema ele (o alinhavo) é justamente o contrário. Ele é um reforço. Muito interessante e curioso. Instigante.

"aqui   começa   o  alinhavo

pra ficar  bem  costurado."

Comentário de Jbcampos em 28 maio 2018 às 18:14

Agradecido a você Almada. campos

Comentário de Jbcampos em 28 maio 2018 às 10:41

Grato, Elisiário, pela interação. Abraço do campos.

Comentário de Elisiário Luiz em 27 maio 2018 às 17:30

Uma ótima pergunta à qual uns e outros até com esquemas sem sucesso se atrevem... belo empenho Fique Bem! 

Comentário de Elías Antonio Almada em 27 maio 2018 às 15:30

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço