Curvo-me diante de ti amor

Para dizer que te amo imensamente

Que estou apaixonado e louco

Por sua alma bela cheia de encantamento.

 

Olho você indo e vindo todos os dias

Penso em dizer que te quero em meus braços

Gemendo de paixão a minha sendo meu brilho

Oasis de amor, ternura e felicidade.

 

Será que você minha ama ou ri só por sorrir

Será que sente que te devoro com meu olhar

Que sou o homem que ama-te minha querida

Que carrega em meu peito teu nome amado.

 

Curvo-me agora e sempre minha Deusa amada

Linda esbelta caminhando cheia de sensualidade

Deixando-me louco de amor para seus lábios beijar

Apertar seu corpo lindo morrer contigo abraçada.

 

Amo-te minha musa de lábios rasados

Amo-te e vou eternamente te amar

Vou ser teu homem fiel sempre apaixonado

O único a tocar e viajar em seu corpo sensual.

 

Exibições: 8

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço