Eu te peguei!

Você deu mole e eu te peguei.
Você não queria, mas te peguei!
Você hesitou, mas te peguei!
Você o coração nem batia, mas te peguei!

Você no segundo dia só queria e eu te peguei!
Você nem acreditava no que sentia, mas te peguei!
Você queria dormir e eu te peguei!
Você dizia que estava sonhando, mas te peguei!

Você se programou para o final de semana prolongado
Você escolheu o hotel com piscina e praia por perto
Você fez tudo a sua maneira.
Você queria um final de semana inesquecível.

Você chegou, tomou banho e eu te peguei!
Você se aprontava para o café e te peguei!
Você procurava o batom vermelho, eu te peguei!
Você queria descer para o café, eu te peguei!

Você estava com fome, eu não titubeava; queria te pegar!
Você dizia que o horário do café ia acabar e eu queria te pegar!
Você agora queria o café, eu queria te pegar!
Você pediu para me alimentar e eu passei a desdenhar!

Você tomando café, eu querendo te pegar!
Você queria se abastecer e eu sem querer!
Você comia como uma loba faminta e eu a te desejar!
Você já abastecida e eu somente a beliscar.

Você sem descansar, me pegou!
Você tomou nova iniciativa, achei ótimo e te peguei!
Você falou que jamais houve tamanha intensidade e me pegou.

Você queria continuar, o sono me pegou.
Você dizia que agora ela a sua vez e me pegou!
Você nem percebia e quase o doze surgia, porém a décima já te pertencia!
Eu já estava querendo almoçar e você a me pegar!

Você me pegava, da praia e da piscina eu falava!
Você nem ligava e gozava, gozava!
Você queria um pouco mais e eu comecei a fraquejar!
Você não mais reclamava das pontadas que levava!

Você com as pernas abertas, agora defeito eu botava!
Você me perguntava se bonita era ela e eu disfarçava.
Você olhando para a minha cara de sono, não acreditava!
Você alisava a minha careca e os meus olhos nem percebiam!

Você falava baixinho que não acreditava.
Você me chamava de tesouro!
Você falava e sua voz distante ficava!
Você nada mais dizia ou eu nem sequer mais percebia!

Exibições: 83

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 6 junho 2014 às 11:15

Diferente, mas de uma inspiração muito especial.

Versos que passeiam por uma realidade bem humorada.

Excelente composição.

Parabéns.

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 4 junho 2014 às 13:16

Comentário de SELDA MOREIRA KALIL em 4 junho 2014 às 9:07

Um poema instigante e bem diferente de tudo que já  lí

Vc conseguiu misturar-se dentro do  cômico e o real com maestria

Parabéns poeta

Meu abraço

Comentário de Loubah Sofia em 3 junho 2014 às 17:51

Encantadoramente triste pelo simples facto

de ser extremamente real e as vezes a realizade

é bem dolorida, mas a vida é assim dia A e dia B.

Uma criação cuja maestria alcançou o intento

pelo menos na minha percepção.

O ser humano é mesmo uma odisséia

de desabores e amores em todas as direcções.

Meus cumprimentos,  que seja de paz tua noite.

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 15 maio 2014 às 12:52

rsrsrs... Situações incontroláveis de um relacionamento...

Beijossssssssss

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...