Ano novo

 

Almejo nas asas dessa poesia,

no próximo ano, coisa nova,

um novo desafio se inicia,

Sentimentos nos pondo a prova.

 

Que o mundo cante as melodias,

da paz e da eterna esperança,

cesse fome, guerra, epidemias,

e que no mundo haja a bonança.

.

Quero aqui neste primeiro dia,

a Deus uma canção poder cantar,

por mais um ano bom de alegria.

 

Por dias melhores, a vida nos dar,

crer num novo e feliz amanhecer,

e com muito amor poder despertar.

 

Fátima Galdino.

29/12/2012

Fortaleza- Ceará


Quero aqui desejar a todos que fazem esta casa de encanto e magia os meus sinceros votos de um Feliz Ano novo recheado de carinho,beijos mil.

Exibições: 50

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Vera Regina Cazaubon em 1 fevereiro 2012 às 11:36

Boa tarde minha querida,nossa existência é um eterno Ano Novo em cada renovação dos segundos, parabéns, beijokas com carinho em teu coração

Comentário de Maria Fátima Galdino de freitas em 30 dezembro 2011 às 23:49

Venho te agradecer pelo teu carinho e desejar um ano novo recheado de carinho Monica beijos mil

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 30 dezembro 2011 às 0:18

Receba, também, meus votos de um Feliz 2012. Repleto de realizações.

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...