APOTEOSE DA VIDA - Poesia nº 52 do meu primeiro livro "Em todos os sentidos"


 

Nascer perfeito, lindo e bem querido,

Ter-se o respeito - simples predicado;

Crescer todos os dias com sentido,

Amar sempre o irmão que esteja ao lado...

 

Renascer novamente e agradecer

Na fé, este presente tão divino;

Olhos abertos para o amanhecer,

No caminhar adulto - ser menino...!

 

Sorrindo ao belo que te faz guarida,

Na idade aceitar as metamorfoses;

Ser feliz! Deixar tristeza iludida!

 

Cantar e, dos seus versos beber doses;

Alimentar-se da paz incontida,

E a vida, consagrar de apoteoses!

Eduardo Eugênio Batista
@direitos autorais registrados
e protegidos por lei

Exibições: 40

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Miriam Inés Bocchio em 23 março 2017 às 21:53

Eduardo Eugenio,realmente has escrito un poema maravilloso.

me encantó leerlo.

FELICITACIONES.

                      Inesita

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 22 março 2017 às 3:40

Grande Edu.

Muito bom, ter você aqui.

Lembro bem, dessa beleza de composição.

Parabéns.

Bjssss.

Comentário de Eri Paiva em 21 março 2017 às 15:46

Eduardo, um belo poema!

Comentário de Elías Antonio Almada em 20 março 2017 às 14:20

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 20 março 2017 às 11:17

Conteúdo temático encantador!

Parabéns, querido poeta Eduardo Eugênio Batista!

Beijossssssssssss

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 20 março 2017 às 2:37

  Querido poeta amigo, Eduardo Eugênio.

 Poema encantador!

 Parabéns.

 Bjssss

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...