Brejeirice ao Luar
Efigênia Coutinho

 
Acortinam-se nuvens no céu
E um clima de festa nasce com o Sol.
É um dia lindo, na vastidão brejeira
Que banha o sertão de laranja amanhecer.
A Lua coloca seu branco véu
Escutando feliz o canto do rouxinol
E segue seu arrumar faceira,
Esperando pela noite aparecer.
 
 
Lá fora, o ar inocente de festa
Desenrola-se na mais simples alegria.
Os convivas ao Luar desta paisagem,
Onde desabrocha aquele sentimento
Sob o encantado som de celesta,
Que marca a inconfundível alegria,
Dando um toque de especial aragem,
Ao dia de nosso encantamento.
 
 
E na brejeirice do nosso momento
Vem o Luar ornado de silvestres flores,
Que refletem o júbilo deste dia
Do Sim com o amor confirmado.
Meu coração se rende enamorado
E meu Sim vem cheio de alvores,
Acompanhado por grande romaria
Unindo Poesias, pelo padre abençoado!
 
 
Balneário Camboriú
Link Poema Musicado

Exibições: 44

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 19 setembro 2014 às 2:49

Deliciosa leitura, rica em poesia.

Parabéns, querida Efigênia.

Bjsssss

Comentário de Sílvia Mota em 18 setembro 2014 às 1:07

Comentário de Sílvia Mota em 18 setembro 2014 às 1:06

Belo! Simplesmente, belo!

Parabéns!

Beijosssssssssss

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço