Canção em retorno

 

 

Ao belo da vida,

Qual já vivida?

Sem medidas...

Nas somas escondidas!

 

Sorriso amarelo

E na chuva o elo

Da cortina de ferro

E eu, no orbe paralelo...

 

Agora em retorno

Deixo o velho pelo novo,

Do que ouvia e ainda ouço

Acalmo na sombra, no ponto morto...

 

 

Renasço junto ao botão

Da flor que plantei no portão

Que sem medo, fiz brotar

Pra eu avistar a libélula do mar...

 

Revejo o bem-te-vi

Na canção que vivi,

Vai_idade e vem amor

Que nasce com cheiro de cor...

 

Estou abrindo a porta

Da vida em amoras

Partes em horas,

Nas ondas brancas do agora!

Cláudia Gama - PEAPAZ

foto: Google imagem

Exibições: 212

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 22 outubro 2016 às 23:22

Olhai... Eu aqui agradecendo por tudo!!!

Querida Sílvia, mestra dos deuses!!!

 Adoro fazer parte desta casa linda.

 Vamos que vamos!!!

 Beijo em seu coração.

 

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 22 outubro 2016 às 22:48

 

Paolo do céu!!!

Generoso como sempre, hein! Seu comentário enriquece Minh’ alma. Estudo lendo teus poemas, textos..!!!

Obrigada querido poeta.

Bj, no coração.

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 22 outubro 2016 às 22:25

Agradeço sua presença, querida Maria das Graças.

Alegra-me com seu comentário. “Vida”!

Bj, no coração.

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 22 outubro 2016 às 22:20

B-e-l-í-s-s-i-m-o poema!!!

"Agora em retorno

Deixo o velho pelo novo,

Do que ouvia e ainda ouço

Acalmo na sombra, no ponto morto..."

Sempre em frente, linda menina, poeta e escritora!

Tua verve poética é inconfundível!

Beijossssssssss

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 22 outubro 2016 às 22:03

 Ah! Minha amiga e brilhante poeta Mônica.

Sempre grata por teu carinho!!!

 Bj, no coração.

Comentário de Paolo Lim em 20 outubro 2016 às 19:15

Doce, profunda, natural e bela. A poesia de Lúcia Cláudia Gama Oliveira, além dum canto à vida, tem poder de nos envolver, enlevar e apaziguar. Bravoooooooo !

Comentário de Maria das Graças Araújo Campos em 20 outubro 2016 às 17:49

Sensacional poema de inovação! Vida! Parabéns,, querida Claudia Gama! Bjsssssss

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 20 outubro 2016 às 3:36

Claudinha!!

Que maravilha de recomeço!

De braços e portas abertas. Diria até que, escancaradas.

Efusivos aplausos, por tão rica criação.

Bjsss, no coração.

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 19 outubro 2016 às 2:15

Ilustre poeta, Antonio Domingos

Bela observação!

Adorei e agradeço seu comentário, querido poeta.

Com todo respeito,

Te abraço.

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 19 outubro 2016 às 1:45

 Mária Cristina

Grata por teu carinho!

Bj em seu coração.

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Autores em destaque - hoje 

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...