Vida de ciclos fechados,

Mas aberta a novas concepções

As coisas mundanas instigam

E fazem dos fatos transformações,

E no mundo bombástico e globalizado

Homens, mulheres e crianças são reféns,

Gastando em informações os seus vinténs,

Percorrendo em um curto espaço de tempo

A busca do intangível

Do saber indivisível.

 

 

Exibições: 33

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Críspulo Cortés Cortés em 24 agosto 2016 às 3:34

Comentário de Maria Iraci Leal em 23 agosto 2016 às 20:18

MARCELO ALLGAYER

É uma nova era, transformação...

Parabéns pelo teu belíssimo poema, bjs MIL.

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...