Vida de ciclos fechados,

Mas aberta a novas concepções

As coisas mundanas instigam

E fazem dos fatos transformações,

E no mundo bombástico e globalizado

Homens, mulheres e crianças são reféns,

Gastando em informações os seus vinténs,

Percorrendo em um curto espaço de tempo

A busca do intangível

Do saber indivisível.

 

 

Exibições: 33

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Críspulo Cortés Cortés em 24 agosto 2016 às 3:34

Comentário de Maria Iraci Leal em 23 agosto 2016 às 20:18

MARCELO ALLGAYER

É uma nova era, transformação...

Parabéns pelo teu belíssimo poema, bjs MIL.

Mauro M. Santos

Graça Campos

Carlos Saraiva

José Santiago

Lilian Reinhardt Art

De Luna Freire

Visitantes

Liv Traffic Stats

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço