cruzeiro real

o cruzeiro já foi o nosso dinheiro;

o desespero, o lenho do madeiro.

em quarenta e seis nasceu comigo

agora serve pra correr mundo afora.

real cruzeiro é o nosso dinheiro indo

embora, fazendo cruzeiro lá fora

literalmente  nos dizendo adeus!

cruzeiro real sentimento ambíguo.

ultimamente tem  sumido sem demora,

pelos  polidos  políticos  que nos devoram

mas  duvido  que  retorne   do  estrangeiro

como se fora um verdadeiro e antigo amigo.

realmente o cruzeiro real é o fator do mal,

mal-administrado, porém, bem roubado.

aí vem me dizer que não sou patriota,

sim,  sou um  apolítico  marmota

a pagar altos salários a essa

corja de  ordinários, idiotas.

falando  sério: é bom que

se diga: esse despautério

por  nós vivido advém lá

do império mal resolvido.

pensam ser espertos esses janotas

“de meia pataca” os quais já roubaram

nossas  patacas,  sórdidas jararacas,

não passam de idiotas borra-botas.

ladrões de merendas escolares,

de  remédios  de terminais.

como pode tanta imbecilidade

para ostentarem pobres vaidades.

os  seus  fins chegarão, como  todos

os dias se vêem os “ imortais”  morrerem

como  todos morrerão e o seus  amontoados

de infortúnios por aqui  sempre ficarão aterrados

porque são  terrenos como toda matéria enganosa.

os salários desses calhordas não servem pra nada.

eles  os  gastam  simplesmente,  desvairadamente.

e suas índoles do mal, suas mentes suavemente

a lhes enganarem, pois, o pouco com Deus

é muito, e esses porcos com muito

que de nada lhes servirão.

marítimo dos reais encruzeirados.

real o cruzeiro de antigamente, semente,

mentira que sempre mente à mente da gente,

ledo engano, valor profano da miséria do povo

qual se vê perdido de novo, infelizmente crente  

cruzeiro  marítimo com muitos cruzeiros

fora da algibeira, enquanto o nobre  sobre

sobre o sofrimento pobre do pobre  homem,

ridículos políticos a se envaidecerem altaneiros,

sorridentes, ignaros chafurdados em seus chiqueiros.

vote se for capaz!

jbcampos

Exibições: 39

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 6 junho 2018 às 20:25

Ou eu

Ou eu

Ou eu

Ou eu

Obrigada pelo terrível texto da realidade do político brasileiro. Não sei se vou conseguir .

Comentário de Jbcampos em 28 maio 2018 às 18:12

Obrigado Almada.  

Comentário de Jbcampos em 28 maio 2018 às 12:36
Comentário de Elisiário Luiz em 27 maio 2018 às 17:21

Se houvesse aqui condições faria um cruzeiro pelo mundo já quê... Voltar, votar para o que? Com que está aí...esse material que por certo anda a zeros %,...parabéns Fique Bem!

Comentário de Elías Antonio Almada em 27 maio 2018 às 15:30

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço