Desconfio que vocês que escrevem no portal PEAPAZ são todos de gerações mais novas do a minha. Isso, essa desconfiança, á motivo bastante para que esteja disposto a me despedir de vocês. E é o que faço agora. Sem solenidade e com a certeza de que não vou deixar saudades, pelo contrário, vocês poderão se confessar aliviados com a minha ausência. Isso agora já não faz diferença. Se eu vim para fazer bem, acabei fazendo-o. Se pensarem que ao contrário eu acabei por causar dano à literatura e à arte de vocês, o máximo que eu posso fazer é pedir desculpas, que, do jeito que vão as coisas no mundo atual, não sei se serão aceitas. Se não forem aceitas as minhas desculpas, então que eu caia no esquecimento.

Exibições: 17

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Elías Antonio Almada em 6 dezembro 2017 às 23:04

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 6 dezembro 2017 às 17:24

Toda vez que postamos um texto ou uma imagem de nossa autoria corremos o risco de ter uma opinião favorável ou não ao nosso trabalho.

Creio que todo artista nunca é bem compreendido, mas isso nunca deve ser motivo para desistência, desânimo e muito menos saída ou retirada.

É nesse processo que evoluímos o nosso ser e o nosso trabalho.

Meus cumprimentos.

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 4 dezembro 2017 às 17:15

 Caro escritor, não compreendi o argumento, mas respeito a tua decisão.

Agradeço-te as publicações relevantes realizadas neste espaço.

Cordialmente,

Sílvia Mota - Criadora do Portal PEAPAZ

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...