C


E as margaridas voltam a florir.........

Soberanias da primavera.

De Tetita /Té

Na terra mãe, é mãe da alegria.,

Da fecundidade, da pujança.
Jucunda, viçosa, perfumada,

Desabrocha resplandecente.
Dorme criança, acorda mulher

Exuberância feita garrida e sensual

Em mil cores sobressai tentadora
Desabrocha em sensações indefinidas
Que só a ela é permitido.

Transformações vibram no seu destino.
Incita dramas e paixões

E, o imaginário, brota da mente dos poetas
Acossados nas horas mortas em efervescência.
Seu passo é o primeiro depois da invernia

Faz trato com os oceanos meridionais

Antes, que o estio a afronte acalorado.
Acordado enfastiado de um sono prolongado.
Aquietaste-te na solidão de um inverno frio,

Desnuda do desbaste sofrido que em seu corpo sangrou
Assiste ao silêncio amargo e ao pranto dos sem guarida
que abriga e dá sustento no seu seio

nas profundezas da terra
E, sorri quando no azul dos céus
O sol brilhou, e as andorinhas voejavam

Por sobre as margaridas a desabrochar
E o amor ressalta vivificante do seu 
esplendor

Fazendo sorrir e resplandecer a terra na sua beleza singela .

De Té Etelvina da Costa



Exibições: 36

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 31 agosto 2017 às 5:46

As margaridas simbolicamente representam o renascimento  em toda a sua beleza a simplicidade  e a esperança  a energia para romperem a terra e irem à procura da luz que é o sol que as abrilhanta..a   . As Margaridas são lindas fazem concorrência a outras flores igualmente belas como as rosas  outro tipo de pétalas na sua textura ..mais aveludada e o jasmim carnudo uma flor pequenina de intenso perfume que existe em terras quente sendo que teoricamente é a rosa a rainha das flores mas não é campestre  aqui a diferença enquanto a rosa plantada no campo se torna brava a margarida tem esplendor frescura e não é brava  A margarida é uma flor campestre  de várias cores sendo que a branca é a mais procurada considerada a flor das noivas  simples bela não fica atrás de outras espécies igualmente lindas mas não são flores do campo esta tem a primazia de ser do campo e também mais apurada e cuidada  de jardins Não há espécie   que lhe tire a beleza por isso muito apreciada e procurada  Da mesma espécie da margarida temos o crisântemo igualmente bonito  mais cheio de pétalas ... É essencialmente a flor primaveril multiplicada em mil cores tem por companheira a papoila igualmente bela  Muito obrigada Maria das Graças  me honra ter apreciado tão singelo poema Bjo . 

Comentário de Maria das Graças Araújo Campos em 30 agosto 2017 às 14:37

Belo poema, querida Etelvina!
É preciso acreditar que o sol há de brilhar, as flores nascerão e o mundo não deve perder a esperança em dias de primavera!

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 28 agosto 2017 às 15:42

aqui nas margaridas estão a perder a beleza  estão a preparem-se para o outono para depois florirem e encantarem as pétalas estão a cair no verão rigoroso mesmo assim ainda floriram boa parte do verão---são uma especie linda de várias cores mas as mais belas são as brancas  .. uns versitos simples  grata boa amiga 

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 27 agosto 2017 às 23:00

Bela homenagem às Margaridas, que encantam a primavera.
Muitos Bravosss.
Bjsss.

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...