Nessa hora que só a ti pertence...

Relaxe e deixe o dilúvio ao deleite

Das folhas secas que partirão com o vento.

Recolha-se no teu momento...

Dê tempo ao tempo

 

De Braços abertos ao fiado amor

O valor da compaixão vira dor...

...Tão natural e sem nenhum rancor,

Assim, tu serás a nascente da flor.

 

O vento limpa o céu e arrasta a tristeza...!

Bem longe, admire o voo do albatroz,

Admirável aparentemente... Porém, fugaz!

Da língua ao chão, construa tua fortaleza...

 

Sem pressa e na medida certa, surgirá o sol...

A nuvem escura não há de ficar no rol.

 

A flor sustentada irá deflagrar!

O céu abraçará com força...

A tua flor nascerá da esperança!

 

- A era do defeso passa...

No tempo do teu compasso,

Seja legítimo o sentimento...

Dê tempo ao tempo!

Cláudia Gama - PEAPAZ

Imagem Google

02/04/2014

Exibições: 288

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 14 setembro 2015 às 13:29

Que linda surpresa! 

Obrigada pelo carinho.

Ilustre poetisa, Iraci Leal.

bj, no coração.

Comentário de Maria Iraci Leal em 12 setembro 2015 às 20:03

 Lúcia Cláudia Gama Oliveira

Encantada com teu poema,

parabéns querida poetisa, bjs MIL.

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 11 setembro 2015 às 23:28

Ah! Lais do céu.

Linda poetisa.

Obrigada.

Bjs

Saudades!!!!

Comentário de Lais Maria Muller Moreira em 11 setembro 2015 às 23:00

Estas maravilhas de Claudia trazem paz e encantamento...

Deslumbre!

Bela noite!

beijos querida

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 21 fevereiro 2015 às 13:36

Que carinho bom!

Agradeço sempre.

Sílvia Mota - PEAPAZ

Beijosssssssss

Comentário de Sílvia Mota em 20 fevereiro 2015 às 23:06

Releio, com prazer.

Tua sensibilidade poética emociona.

Beijossssssssss

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 3 abril 2014 às 11:16

Sílvia; Paolo; Mônica; Janete; Selda; Vera e Mariângela. O carinho de vocês....... Grande incentivo pra mim. Agradeço cada comentário.

Beijosssssssss

 

Comentário de Mariangela Nunes Pamplona em 3 abril 2014 às 9:48

Belissimo minha querida, sensivel poema que nos faz refletir!!!

Beijos no coração!

Comentário de Vera Regina Cazaubon em 3 abril 2014 às 8:41

Aplausos pela sensibilidade e sabedoria poética minha querida, beijokas de bom dia

Comentário de SELDA MOREIRA KALIL em 2 abril 2014 às 21:17

lindíssima inspiração,sensibilidade bastante aflorada dentro destes belos versos

Aplausos poetisa

Gde beijo

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Margarida*

 *Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Liv Traffic Stats

Mídias Sociais

View Sílvia Mota ***'s profile on LinkedIn

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço