Muitos escritores, quando são verdadeiros criadores, suportam as palavras dos críticos, ainda mais numa época como a nossa, de transição. Nem por estar num sistema político mais tolerante para com a criação literária, nenhum criador é dono da verdade. Tenho acompanhado as variadas obras que tem saído da pena de jovens criadores que têm sido combatidos sistematicamente por uma espécie de crítica mais rançosa. Até a crítica tem se mostrado divergente entre si mesma, sendo que muita parte de produção de novos crítcos é ocultada do público por conveniênia. Estudos de críticos até mesmo interessantes só nos chegam às mãos através de veículos de comunicação mais tolerantes com as obras de nosso conturbado tempo. Um autor genuíno não se põe a brigar com os críticos, se é sábio e sabe do valor de sua obra, do que está criando, espera que o tempo diga quem está certo. Muitos autores hoje consagrados sofreram críticas negativas e nem por isso se incomodaram e nem saíram dando tiros em seus críticos maledicentes. Pelo contrário, esperaram sabiamente que as suas obras ao sabor do tempo, como o bom vinho que vence o paladar depois de envelhecido,, que suas obras vencessem o gosto do público. Não perderam tempo em brigar com os críticos.

Exibições: 47

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Marcia Portella em 2 dezembro 2017 às 22:37

Ótima matéria.Toda critica tem algo de bom para alertar o escritor.

Comentário de Aristides Dornas Júnior em 2 dezembro 2017 às 7:09

Por falar em brigar, que segundo a minha opinião não se deve brigar por nada deste mundo, não sei porque poetas do portal PEAPAZ me madam poesias via internet se depois de lerem meus comentários respondem mal-humoradamente que dispensam os meus comentários.m Eui acho que quando se publica alguma coisa, as respostas aos comentários devem ser pelo menos bem educadas. 

Comentário de Sílvia Mota em 1 dezembro 2017 às 22:49

 Sempre que ouço falar de acertos e/ou erros na crítica, lembro-me deste caso:

"A propósito da exposição Malfatti"

https://belasartesbelas.ning.com/forum/a-proposito-da-exposicao-mal...

Beijossssssss

Comentário de Elías Antonio Almada em 27 novembro 2017 às 16:22

Comentário de Aristides Dornas Júnior em 27 novembro 2017 às 13:17

Também acho, não se deve brigar por nada neste mundo. Mas o uso das palavras é lícito e concedido a qualquer escritor.

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 27 novembro 2017 às 11:00

"BRIGA" em nenhum contexto é válida.

Mauro M. Santos

Graça Campos

Carlos Saraiva

José Santiago

Lilian Reinhardt Art

De Luna Freire

Visitantes

Liv Traffic Stats

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço