Eterna Magia

Quando a tua boca eterna magia

fica tão perto da minha

o teu olhar adivinha

a minha fissura em te beijar

 

O beijo que tua boca lança

e chega até mim mais que inteiro

traz no ar o arrebatador

calor de uma louca dança

e o cheiro gostoso do mar

 

Como posso te amar mais do que eu amo

no meu coração não há mais lugar

para mim este amor é insano

porque mais que eu amo

eu não posso mais amar.

Alexandre

Exibições: 29

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 5 julho 2018 às 21:05

Bonito poema Poeta Alexandre.

PARABÉNS!

Comentário de Miriam Inés Bocchio em 23 junho 2018 às 14:32

Comentário de Elías Antonio Almada em 22 junho 2018 às 20:42

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço