FESTA DE LUA CHEIA 

DE TE


Está minha alma cobiçosa
Da hora de lua cheia
Senhora da noite, do encantamento
De tons dourados,que incendeia
Minha lunática teimosia
Que rendilhada ,astuciosa esperança
no altar lunar buscaria
Essa faustosa luminária
que à terra avara enfeitiça de magia
Faminta minha alma sente
Impudica ,de desejos
Estigma genético
Do encantamento com a vida ´
Nasce vida ,nessa hora de lua cheia


DE TÉ

Exibições: 47

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Elías Antonio Almada em 12 abril 2018 às 19:28

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 12 abril 2018 às 18:33

A lua foi muito elevada nesse lindo poema.

Comentário de Sílvia Mota em 11 abril 2018 às 21:41

Um instante de encantamento...

Parabéns e Felicidades!

Beijosssssssssss

Comentário de Elisiário Luiz em 10 abril 2018 às 22:06

 Quanto encanto aceleraste a isso...parabéns!  Fique Bem Abraços!

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço