De repente a noite cai

Cerram meus olhos

E amores se vão.

Como máquinas as células param,

E o meu respirar se envaidecem.

Só momentos plenos,

Únicos e capazes.

Sou aprendiz da vida,

Numa noite ilusória a que sou poeta.

São Paulo, 21/3/2017.

Exibições: 9

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Poema ao acaso...

PLATAFORMA LATTES

É possível registrar, para efeitos acadêmicos, os textos publicados no Portal PEAPAZ. Quando se realiza o login na Plataforma Lattes, do lado direito da tela aparece uma janela com a pergunta: "O que você quer registrar?" com a listagem dos tipos de publicações a serem registradas. Entre essas, consta: "Redes Sociais, Websites, Blogs", onde o autor deverá clicar. A partir daí abrirá uma janela, na qual se realizará o registro. É necessário preencher todos os espaços.

Badge

Carregando...
*