Lua Branca...


Lua Branca que ilumina meus caminhos,
Trazendo-me alegria de viver e sonhar.
Lua que beija as águas e a relva com carinho
Que desperta no poeta o desejo de amar.

Lua Branca, ao olhar-te tão distante e sozinha
Sinto um pouco de ti em mim soberana senhora.
Plena, bela, cheia de si, escrava e rainha!
Caminhemos juntas? És a musa e eu a poeta

Que derrama os versos inspirada em ti
Na saudade voraz que me faz melancólica.
Penso e repenso no amanhã e o que vivi
E por mais que pense, não vejo lógica...

Lua Branca, continuemos pois o nosso caminho?
Não sei se de flores ou só de duros espinhos...
Mas fiquemos juntas em nosso posto solitário
Bendizendo em versos o nosso calvário...
Sandra Galante.

Exibições: 51

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Sandra Galante em 4 novembro 2017 às 20:50

É isso aí Dely! Obrigada pelo seu comentário! Boa noite!

Comentário de Sandra Galante em 4 novembro 2017 às 20:49

Grata amada Sílvia, o seu comentário me faz ter inspiração! E olha, estou num momento completamente sem inspiração! Mas vai passar! Beijos querida amiga!

Comentário de Dely Thadeu Damaceno em 1 novembro 2017 às 23:37

Os maiores poetas sempre ,sentem a inspiração em noites de lua Plena,Cheia e Prateada...Uma relação de simbiose se inicia,assim como o lobo uiva  para a lua cheia,o poeta se sente impulsionado  pela paixão que lhe enche o peito e não há outro jeito,senão traduzir esses sentimentos em versos...parabéns !!

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 28 outubro 2017 às 19:33

Por um momento, Poeta e Lua Branca unificam-se!

Beleza e emoção, aos teus versos.

A foto é de uma beleza, que encanta o nosso olhar!

Parabéns, queridíssima amiga!

Beijosssssssssssss

Comentário de Sandra Galante em 27 outubro 2017 às 12:52

Gratidão Margarida!

Comentário de Sandra Galante em 27 outubro 2017 às 12:52

Verdade Mauro! Obrigada e um grande abraço!

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 27 outubro 2017 às 11:25

Adorável Sandra. Parabéns.

Comentário de Mauro Martins Santos em 26 outubro 2017 às 22:56

Parabéns Sandra

A lua é e sempre será fonte de inspiração aos grandes poetas e poetisas.

Passem os séculos sempre haverão os rastros dos poemas da portuguesa Florbela...

Dos românticos aos modernistas, de Cecília Meireles a Mario Quintana a

Drummond e Vinícius... a Lua nos acompanhará nas noites perfumadas e azuis,

prontas para  romance e o Amor. Um beijo e um abraço de estima fraterna.

Comentário de Sandra Galante em 26 outubro 2017 às 17:33

Grata Elias! Besossssssssssss!

Comentário de Sandra Galante em 26 outubro 2017 às 17:32

Obrigada querida Celi! Saudades! Beijos e uma feliz noite!

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...