hei… amigo, pense um pouco comigo

você sabe bem o que é consciência?

você sabe bem o que é hipnose?

ah... a você  pensa que sabe...

quiçá,  seja por  osmose.

quantas  vezes você

passou de  marcha

o seu carro hoje,

por   quantos

faróis você

passou

hoje?

não

sabe.

pare!

parece

sentar-se

na ponta

de  um

sabre.

é assim

sua mente,

muito ausente,

pra você ela  mente

constantemente,  não é?

por que você faz tantas compras

por compulsão, até casaco  de lontra,

agora então;  com essa tal  digitalização,

se  descuidar é capaz de comprar até casaco

de leão, companheiro... olhe  para seu dinheiro

lojas virtuais rolando  pela Internet, de montão.

cuidado  acompanhe  de lado a campanha em

suas entranhas à campainha dum coração

afetado de afeto  descontrolado e ligado

ao supermercado da sua maior confusão!

então meu amigo-irmão tome atitude-ação.

por que você não  se controla, meu  irmão?

é hipnose de  montão desde o berço à escola!

a hipnose  universal faz o  ser humano divagar

mecanicamente, escravizando-o, sem que tenha

a menor ideia disso. o sistema cega a sua visão

mental, não me leve a mal, acorda meu irmão!

controlar sua mente secreta

é como andar de bicicleta

não se esquece  jamais,

porém, há de se relaxar,

à meditação se entregar

sem pestanejar, então  meu

irmão você há de começar sem

jamais rejeitar essa ideal condição

a andarilhar pela sua mente atrás de

velha  semente  a lhe condicionar,

de carro,  ou de bicicleta sua

mente  secreta  também

você  há de  decifrar.

a mente humana é  

demente e  dona

de doída-doida

consciência

proibida.

 

saia dessa

vida.

 

ah… agora, sem rima:

por  que você magoa

a  pessoa  que mais

ama na cama, à toa?

 

faz-se uma ilha do mal

onde se inclui bela

família ideal.

 

lavagem cerebral

para   celebrar  o

mal do vil  metal.

 

Pense sobre isso!

HIPNOSE

jbcampos

Exibições: 34

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Jbcampos em 28 junho 2018 às 19:53

obrigado,  querida  Margarida.

hei,  hipnose em você? sua

alta gnose não permitiria 

meu  velho  mouse se

atrever pela

grafia de o

óbvio   se

escrever

bjs.

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 28 junho 2018 às 18:59

JBCampos, Escritor

Você quase fez uma hipnose em mim.

Adorei "esse trechinho":

a mente humana é  

demente e  dona

de doída-doida

consciência

proibida.

Comentário de Jbcampos em 18 junho 2018 às 19:10

Grato,  amigo  Antonio

por seu lúcido  repertório,

tenho lido-o no seu histórico

parabéns nesse nosso parlatório.

abraços campônios

Comentário de Antonio Domingos Ferreira Filho em 18 junho 2018 às 14:17

A massificação de tudo, em especial a mídia propagandista, o merchandising  levam as pessoas a tornarem-se escravas do consumo e comportamento.

Parabéns pela lucidez deste lindo texto

Amigo Campos

Comentário de Jbcampos em 18 junho 2018 às 12:23

Comentário de Elías Antonio Almada em 17 junho 2018 às 22:30

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço