MINTA PRA MIM

São teus olhares furtivos

Maliciando outra pessoa
Ainda estando comigo!
A me mentir, à-toa!
###
Sempre tão apaixonado,
De forma sensual
Chega a ser engraçado
Mas também, não faz mal!
###
E quando tuas mãos vagueiam
Ávidas em meu corpo
Em carícias que salteiam
Pressinto algum engano,
de novo!
###
Só palavras a convencer
Quão prazerosa que sou
E não meço em esquecer
Como tudo começou ou terminou!
###
Ora, tão ledo engano.
De mentiras sem fim
Vou entrar pelo cano!
Mas...
 Minta pra mim!
Mônica Pamplona.

Exibições: 38

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 15 abril 2017 às 1:17

Muito honrada, pela presença e carinho de todos.

São comentários que estimulam minha condição de poetisa.

Agradeço, a todos.

Bj, em cada coração.

Comentário de Mauro Martins Santos em 4 abril 2017 às 19:30

Existem querida Mônica vários tipos de amor(?) digamos assim; sob as asas da licença poética.

Você usou no corpo lindo e bem feito de tua poesia, do amor não o traidor, o infiel mas o compassivo-condescendente, aquele que atravessa uma vida e atinge a mais avançada idade... Não diremos se certo ou discordante. Fico com tua poesia:

Sempre tão apaixonado,

De forma sensual
Chega a ser engraçado
Mas também, não faz mal!
Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 30 março 2017 às 14:50

 Uau! Simples assim...rs.

 Bela criação, amiga!

 Bjssssss

Comentário de Maria das Graças Araújo Campos em 30 março 2017 às 14:15

Precioso, criativo, audacioso, amiga querida! Bjssssss

Comentário de Paolo Lim em 30 março 2017 às 9:51

Uma verdadeira preciosidade. Tão leve, direto e lindo. Meus parabéns por mais este encantamento que nos proporciona. Bjs do amigo Paolo.

Comentário de LUCIA GUEDES (Lufague) em 30 março 2017 às 1:12

Em versos lindos bem decifrou o amor nosso de cada dia, mesmo que a verdade me minta,"Minta pra mim!"

Show! 

Comentário de Lais Maria Muller Moreira em 29 março 2017 às 16:13

Deliciosas letras a discorrer ledas verdades...

Descontraída conta...o mundo do faz de conta...

Ando meio afastada...mas não poderia deixar de te aplaudir!!!!!

beijos querida Mônica

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 29 março 2017 às 13:08

rsrsrsrs... É assim mesmo, quando se ama... As mentiras são bem-vindas.

Parabéns, pela divertida inspiração!

Beijosssssssssssssss

Comentário de Elías Antonio Almada em 29 março 2017 às 10:13
Muito bom
Comentário de Marcia Portella em 29 março 2017 às 9:54

Mônica,muito bom! paixão quase sempre, tem um caso com a mentira...Te abraço

Membros

Aniversários

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...