Momentos Virtuais

Sou feito sangue e dor
sou um grito agudo no absurdo que é viver
conversamos através do silencio
todos meus sentidos são para você.

Apesar de que, desta imensa distância
as turvas mensagens são percebidas 
eu até posso ver teu rosto iluminado
e sentir na minha, tua alma embevecida.

É a luz de um horizonte tão distante
nos meus sonhos são loucuras descabidas
verte da lua a fantasia destes instantes
instantes estes de emoções jamais sentidas.

Dai-me um solitário coração apaixonado
nas águas límpidas de um rio que é eterno.
Dai-me ombros que beijarei em pensamentos.
Dai-me o sol para me aquecer neste inverno.

E a eterna dor de nunca ter vivido

plenamente estes momentos

Alexandre


 

Exibições: 23

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...