Não fale que é   justo

Diga que não existe igualdade

Onde estão os homens de bem?

Pedras são removíveis quando queremos.

 

De pedras fazemos colunas   e templos.

Se algo abala as colunas temos que fortalecê-las.

Colocar algo novo para que fortaleça e continue de pé

Assim os filhos terão abrigo amparo sempre.

 

Jamais vi tanta dor

União não existe mais

Soluça a mãe e os filhos da mulher

Tempos de lágrimas e incertezas

O pão não foi repartido, apenas alguns comem

Dione Fonseca

Exibições: 28

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Margarida*

 *Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Liv Traffic Stats

Mídias Sociais

View Sílvia Mota ***'s profile on LinkedIn

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço