com som

Noite tão fria, que custa a encontrar o dia

Acalenta o coração que rejeita meu peito

E dispara em busca do teu, onde faz ninho

Noite tão fria, que custa a encontrar o dia

Acalenta o sonho que foge do teu peito

E me alcança tão longe, e tira-me a dançar

Nesse antigo conto de fadas , de nós dois,

És meu caminho,  feito de jardins e versos

Sou teu amanhecer, feito de risos e amor

Encontro de olhos que brilham e fascinam

De bocas que escondem a paixão dos dias

De mãos que se tocam, se unem, e vão…

                                                                                                                  Waulena

@Waulena

Peapaz

Cad. Liter. Pragmatha

Casa da Poesia

Exibições: 245

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Waulena d'Oliveira Silva em 11 julho 2016 às 0:33

Obrigada querida María Cristina, teu carinho é especial !!

Bjssss Wau

Comentário de María Cristina em 11 julho 2016 às 0:19

Comentário de Waulena d'Oliveira Silva em 11 julho 2016 às 0:16

Obrigada querida Silvia.

Para mim é sempre uma honra !!

Bjsss Wau

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 7 julho 2016 às 2:46

Comentário de Waulena d'Oliveira Silva em 15 junho 2016 às 4:14

Obrigada amigia Dione !

Bjss Wau

Comentário de Waulena d'Oliveira Silva em 15 junho 2016 às 4:14

Obrigada querida MIL !!

A doçura é do amor ...

Bjsss Wau

Comentário de Waulena d'Oliveira Silva em 15 junho 2016 às 4:13

Obrigado D. Críspulo !

Bjss Wau

Comentário de Dione Fonseca de Barros em 14 junho 2016 às 20:52

Lindo querida poeta

 bjus

Comentário de Maria Iraci Leal em 14 junho 2016 às 13:09

Waulena Oliveira

Que doçura doçura de poema! Encanta e faz sonhar,

parabéns querida Wau, bjs MIL.

Comentário de Críspulo Cortés Cortés em 14 junho 2016 às 4:24

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...