Oh! Noite fria num quarto escuro
Escrevo poemas para mim e pra você
Sei que não estas comigo agora
Mas o vento assobia lá fora


Quanta solidão no meu peito
Em plena noite de tormento
Quantas desgraças foram feito
No meu presente momento


Oh! Noite de brigas comigo mesmo
Meu coração alheio infelizmente bate
Não suporto tanta angústia sem remédio
Tenho saudade numa noite de tédio


Eu sinto a sentir a minha alma pensar
Tanta melancolia em uma simples noite
Noite sem fim, que já estou cansar
Noite sem fim, que já estou a sonhar!!

Exibições: 26

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 5 julho 2018 às 21:14

Faça como eu Poeta Jhuddy,

Leia uma boa poesia. O sono repousante virá.

Parabéns pelo trabalho.

Comentário de Elías Antonio Almada em 20 junho 2018 às 15:47

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço