Eu abri um pergaminho, gostei, peguei a caneta e comecei a escrever o amor...pois é envolvente e sedutor, é a poesia e mistura de todos os sentimentos. Deixei meu coração escolher o caminho e carregar minha alma onde o destino era você. Gosto de tecer o amor para gravá-lo na eternidade da poesia , quanto mais se dá mais se tem, o verdadeiro amor é exigente e implacável , infinitivamente delicado...pois ele nasce em tempos difíceis. O amor quando é sincero , tem o cheiro da eternidade e o sabor do infinito, só ele conhece o que é verdade, sabe reabastecer sua fonte. O amor é uma semente brotando no coração , um planta o outro colhe...pois vem com toda simplicidade de dentro para fora de um para o outro. Acredito tanto na força do amor que nada me faz pensar em coisas negativas, tenho comigo a conciencia que amar é a essência das realizações...o amor.                                                Sidnei Piedade.

Exibições: 17

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Sidnei Piedade em 19 março 2018 às 20:40

Obrigado amigos,  grande abraço

Comentário de Elías Antonio Almada em 19 março 2018 às 19:59

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 19 março 2018 às 19:54

Que seja assim sempre, Sidnei.

Comentário de Elisiário Luiz em 19 março 2018 às 1:15

 Congratulações caro amigo muito bem delineado Fique Bem!

Membros

Aniversários

Aniversários de Amanhã

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço