Momento extasiante, e único.

Cada dia se faz insólito

No encanto do agora amo

Da liberdade do ser humano...

 

Sentir o sublime sem ter gastos

Abrir os braços e entender os abraços...

Dos raios penetrantes,

Do cheiro do mar,

Do murmúrio do vento,

da vida caminhar...

 

Um mergulho na água fria para o dia começar.

Como um beijo que a natureza oferece só para ti, recomeçar...

Cláudia Gama - PEAPAZ

Foto: Google

16/11/2012

Exibições: 163

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 23 janeiro 2016 às 12:50

Peço desculpas aos amigos pela ausência. Sem PC e net fraca pra acompalha-los... Faz tempo!

 Querida Silvia Mota, deixo meu abraço.

 Agrdeço, hoje e sempre.

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 1 dezembro 2012 às 14:54

É o amor amiga. Aquele que habita a sua casa!

Beijossssssssss

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 23 novembro 2012 às 0:20

Toda a beleza  dO Nascer do Sol expressa em tuas linhas. Tua sensibilidade cada vez mais me surpreende!

Bjsssss  n'alma.

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 20 novembro 2012 às 19:05

kkkkkkkk.... Valeu poeta Hilde.

Muito obrigada.

Abraço.

Comentário de Hildebrando Souza Menezes Filho em 20 novembro 2012 às 18:43

A poesia dessa menina brilha mais que o sol,

deixa a lua rubra e encabulada, a fada madrinha

endiabrada porque todos os espelhos acusam

que Claudinha é a mais bela! E até as sombras

se bronzeiam quando ela surge na alvorada.

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 20 novembro 2012 às 18:00

Comentário de Vera Regina Cazaubon em 19 novembro 2012 às 22:42

Lindo, emocionante  este poetar minha querida Poetisa, parabéns e obrigado por tuas visitas carinhosas, beijokas de boa n oite

Comentário de Arlete Brasil Deretti Fernandes em 19 novembro 2012 às 22:26

BELO POEMA, CLAUDINHA!

Nada mais belo que o nascer do sol! É de extasiar. Beijossss   Arlete.

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 19 novembro 2012 às 18:11

 Agradeço a presença de todos.

 Obrigada meus anjos.

 Beijos

Comentário de Janete Francisco Sales Yoshinaga em 19 novembro 2012 às 18:02

Sublime amiga! Meus aplausos!

A natureza nos beija todos os dias!

Poema reflexivo...não se esquecer do que é mais belo!

A natureza!!!!

Beijos e abraços

Membros

Aniversários

Aniversários de Hoje

Aniversários de Amanhã

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...