O dia 23 de Abril será comemorado o dia do Professor Cabo-verdiano. Ofereço a todos os professores esta flor e este poema, com um abraço, Amália Faustino

Exibições: 207

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Amália Faustino em 23 outubro 2014 às 13:33

Silvia Mota, estes versos foram ordenados e musicados por mim desde 2012. Gostaria de poder descarregar o trecho cantado por um grupo de professores. Oriente-me em como fazer. Um abraço

Comentário de João Pereira Correia Furtado em 21 outubro 2014 às 6:48

Querida amiga,

Já li este poema antes, mas volto a dizer que é belo e que gostei e muito!

Um abraço

João Furtado

Comentário de Sílvia Mota em 21 outubro 2014 às 0:49

Comentário de Sílvia Mota em 16 outubro 2014 às 0:19

Inseri teu belíssimo poema na Tertúlia do Dia do Professor.

Merece ser lido, pois provoca reflexão.

Eis o link: http://silviamota.ning.com/group/tertuliapoetica/forum/topics/ano-v...

Beijossssssssssssssss

Comentário de João Pereira Correia Furtado em 8 outubro 2014 às 7:40

Amiga, adorei o poema!

Beijos

Comentário de Amália Faustino em 19 abril 2012 às 14:21

Muito obrigada, amigos e amiga. Gostei do vosso comentário. Um abraço a todos

Comentário de Marco Bastos em 19 abril 2012 às 3:00

Olá, Amália. Vou lhe falar sobre uma situação geral, e isso pressupõe a existência de situações específicas diferenciadas. Eu falo da maioria e não me refiro a inexistência de minorias. Também me refiro à Escola de Ensino Superior, por experiência e se isso abrange os Níveis Fundamental e Médio, não se dá por vivência das situações mas por informações esparsas. Você trata no seu belo poema de um assunto de muita importância para a formação das pessoas em uma sociedade cada dia mais desvairada - você fala do Professor como agente propulsor/educador/instrutor e da contribuição que pode dar à paz social. Entre o que encontrei ao iniciar minhas atividades de docência em uma Escola de Engenharia em 1972 e o que constatei existir em dezembro de 2011, ao encerrar minhas atividades, pude observar diferenças preocupantes no que concerne à posição e atuação do Professor na Sociedade; à consideração e o respeito que os alunos têm por seus professores; à consciência e respeito do Professor por si mesmo, como profissional;  o respeito das próprias Escolas pelo profissional que contrata e que as mantém; a inoperância das políticas públicas voltadas ao ensino, a demagogia dos seus discursos e a inexatidão de suas estatísticas. O aluno tem chegado à escola primária sem a Educação doméstica e sem noções de Valores importantes para o funcionamento de uma Sociedade. A Escola não tem conseguido suprir tal déficit. Quanto aos Processos de Aquisição/Transmissão de Conhecimentos e de Elaboração do Saber, a situação também não é boa - há muitas Escolas permitindo a graduação de profissionais com níveis de aptidão, de competência e de responsabilidade profissional muito baixos. O seu poema é uma declaração de boas intenções, de como tudo deveria ser, mas não corresponde ao que se constata pelos resultados. Não sou dono de verdades, mas conheço os diferentes métodos pedagógicos, as diversas formas de estruturação das Escolas, e sua evolução no tempo. Não se trata portanto de inconsciência ou inadaptação do mestre à atualidade. Por quaisquer prismas e paradigmas que se analise, as conclusões são as mesmas. É necessário atuar para mudar o que vem acontecendo. Não basta enaltecer o professor e não se pode ser complacente com o corporativismo protetor.

abrçs.  

Comentário de Amália Faustino em 18 abril 2012 às 21:58

Mónica, concordo plenamente. Nenhum governo tem a consideração que merecem esses profissionais. Em Cabo Verde não se foge a regra. bjs

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 18 abril 2012 às 17:26

Bravo Amália.

Que maravilha de homenagem a esse(a) profissional que tanto contribui pra educação e caráter do ser. Pena que não seja incentivado pelo governo. Se assim o fosse, teriamos melhores cidadãos a compor nossa sociedade.

Parabéns.

Bjsssss

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço