Palco dos enamorados

A cada
sensual momento
meu corpo se contorce sob o sol
uma brasa que reluz
com o vento
ou que se ilumina pelas luzes
de um farol.

Eu digo apenas
em pensamento e não sei se me faço ouvir
se o céu se incendiar no horizonte
não poderei ir
se anjos cantarem neste instante
não poderá florir
mas se vier do céu um trovão
retumbante.

Apenas o silencio
será palco dos enamorados,
afinal nosso romance de tão imenso
definhou-se e de tão desgastado
não é mais presente
é simplesmente
passado.

SorrisodeRosas

Exibições: 25

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 8 junho 2018 às 19:15

Eita... poeta.

Pela doçura de teus versos, bem pensei que tudo ia terminar bem!

Mas a beleza do poema, ficou intacta.

Parabéns, pela composição.

Bjsss.

Comentário de LUCIA GUEDES (Lufague) em 7 junho 2018 às 23:28

Linda homenagem, sentida. 

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 6 junho 2018 às 16:45

Adorável, bonito e real. Lindo poema. Parabéns Poetisa.

Comentário de Elías Antonio Almada em 5 junho 2018 às 19:10

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço