Poesia de Fogo


Mergulhada em sangue uma poesia
de fogo
quente e vermelho
em um profundo fosso,
ou ficara jogada
sobre a terra ou sobre a rosa
de odor balsâmico
tão estático e dinâmico...com suas frases
tortas.
É um mal sem cura; É um cão que come carne
morta
de uma sepultura
da vida purulenta.
Ficara jogada com suas frases peçonhentas sobre as frestas
largas
das janelas e das portas; É um pênis sem suas
bolas
Ficara jogada sobre uma arvore ou seu
ninho
sobre a verde relva
onde canta pobre passarinho
com sua dor
sem suas asas e sozinho
Ficara jogada sobre a mesa.....
sem seus beijos meu amor...ps: Esta poesia é um horror.

Alexandre.............
Montalvan

Exibições: 52

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 3 julho 2018 às 22:35

Sem comentários.

Comentário de Elías Antonio Almada em 27 junho 2018 às 21:00

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço