Poesia de minh' alma,

Alma que fala e se cala no silêncio dos versos

que, armados de brinquedos, contém segredos ora revelados,

galopa na canção do vento, tons professos

enrosca no tempo onde a pá/ lavra por toda a eternidade!

 

Alma, lamento na folha que chora , no uivo da fome, e, vivaz,

sacode o lema da PAZ  

na lágrima da guerra,loucura íntima,

tenaz, explícita, capaz

de revelar na roda viva ,  

a dança do pensar em solidez

e doçura, veracidade,

formosura,

a força da fé, o murmúrio das ondas

onde os homens se perdem em braçadas, nas profundas águas   

entre o saber e a inconsequência, 

 no fogo do inferno interior e no Céu de Parnaso.

Poesia de minh’ alma, suspiros em preces nas flores vivas e murchas,

no fogoso riso da vermelhidão do signo,

na fria e branca névoa a encobrir véus da verdade ,

confissões de folhas em derradeiros suspiros das idades...

Poesia , alma que ascende e revigora a mente,

semente , recital,  e sons veementes ,

instrumento , arte, brinquedo sério...

Poesia leve, e pesada,em seu fardo,

declama, clama e canta o canto da garganta,

liberta voz, fonte e coragem   

A carregar do mundo, os sentimentos...

 

Maria das Graças Araújo Campos.  POESIA DE MINH’ALMA.

Graça Campos, 22/03/2017.

Lincença Criative Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-No Derivative Works 3....

Exibições: 40

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Sílvia Mota em 3 abril 2017 às 3:38

Comentário de Maria das Graças Araújo Campos em 23 março 2017 às 8:54

Bom dia, linda poetisa, Cláudia Gama!

Obrigada muito pelo carinho!

Bjsssssss

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 23 março 2017 às 8:20

 Maria das Graças: 

 Versos bordados em fios d'ouro!

 Parabéns.

 Abraço-te

Comentário de Maria das Graças Araújo Campos em 22 março 2017 às 10:45

Membros

Designers PEAPAZ

*Nara Pamplona

*Livita*

*Margarida*

 *Imelda*

*Toninho*

*Reinaldo*

Poema ao acaso...

Visitantes

Liv Traffic Stats

Mídias Sociais

View Sílvia Mota ***'s profile on LinkedIn

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço