Poetas.......

De Té

Do amor ,poeta insano, faz jubileus

Sua voz linda ecoa em catedrais

É como uma alma que busca os ceus

Amor cativo, amor dos mais leais

Sua alma é aprazível e singular

que sorri a cantar, aveludando a dor

Saem sons divinos ao dedilhar

As cordas da sua guitarra, falam de amor

Vibrantes tombam desfolhadas outonais

Que ilustram sua negra capa traçada

Lágrimas quentes desabam com seus ais.

suavizantes, como os olhos de sua amada.

Por conta dessa paixão, a mais bela flor

tão elevada.. abraça agora a ilusão

desse lampejo, para suavizar o ardor

sem glória ,pela donzela ,que lhe atiçou o coração.......

De Té

Exibições: 47

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Sílvia Mota em 15 maio 2018 às 12:16

Significativa inspiração. Emoção e beleza. Beijosssssssssss

Comentário de Elías Antonio Almada em 16 abril 2018 às 20:15

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 16 abril 2018 às 16:01

Bonito Té. Muito sensível, como de costume. Parabéns.

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço