POR POUCO

Por uma migalha de tempo
tudo anda apressado
quase por um fio
muito bom dia,

todo bem,

mal no estio,

todas  reverências,
sonhos no cio
suave lei
Só coisas tão sadias

Apenas vejo você
aviões em minha volta
voando descarrilhados
como se as atitudes
só viessem
pós o último
amanhã
pela tarde.

[gustavo drummond]

Exibições: 27

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Elías Antonio Almada em 10 fevereiro 2018 às 0:38

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 9 fevereiro 2018 às 20:12

Muito bonito Gustavo. Bela construção.

Comentário de Elisiário Luiz em 9 fevereiro 2018 às 19:57

Meus parabéns caro amigo Gustavo Antonio Drummond por tão favoráveis expressivas reflexões

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço