Não tenho noção do meu prejuízo,
Do tempo em que me perdi…
Sei apenas, que essa perdição...
Teve que ver com a minha vontade;
Se eu não quisesse, não me perdia!
Mas, como gostei de me perder!
Se voltasse atrás, juro que me perderia
Da mesma forma, sem alterar
O que fosse, porque foi essa perda
Que fez de mim quem sou…!
Ainda bem, que ao perder-me me achei
O valor e o sabor do que ganhei;
Sim, porque ninguém perde sem ganhar,
Nem que seja a recordação do passado.
Por isso, não acho o meu prejuízo
Tão mau por mim, ou o meu presente.
Quem puder, perca-se consciente
De um dia concluir que não perdeu!

Joantago

Exibições: 11

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Elías Antonio Almada em 5 janeiro 2018 às 12:31

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 5 janeiro 2018 às 12:11

Belo, Joantago.

Mauro M. Santos

Graça Campos

Carlos Saraiva

José Santiago

Lilian Reinhardt Art

De Luna Freire

Visitantes

Liv Traffic Stats

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço