Requinte
Enrola teu pensamento
nos cabelos soltos
dos meus versos
e faça deles a crina
da tua montaria.
Chicoteia cada rima
escondida no silêncio
do meu canto
e rasga a blusa sensual
da minha poética.
Beija as verdades ocultas
nos buracos guturais
do meu corpo
e morda cada palavra
das minhas mentiras.
Encosta teus apelos
na parede nua e crua
da minha inspiração
e arromba as dobras nocivas
dos meus segredos.
Uiva teus uivos todos
na animália exangue
do meu estro solto
e afoga os lumes incendidos
das minhas crepitações.Afina a ponta do lápis
nas alamedas trôpegas
do meu sentir e, se errei,
reescreva meu poema livre
na cadência das estrelas.
Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 13 de novembro de 2008 – 01h34
Fundo musical: Ernesto Cortazar. Constellations of Romance

Exibições: 327

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Maria das Graças Araújo Campos quarta-feira
Aplausos!
Comentário de Maria das Graças Araújo Campos quarta-feira
Encantador,que merece apalusos pela beleza das expressões envoltas em maviovas formas figurantes na linguagem dos versos... Encantadora poetisa amiga! Bjssssssssss
Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 28 agosto 2016 às 14:56

Estimado poeta e escritor Antonio Domingos Ferreira Filho

Observações decorrentes de atenta leitura.

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 28 agosto 2016 às 14:53

Estimado poeta e escritor Paolo Lim

Claro, que poderás compartilhar meu poema!

Será uma honra, sempre!

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 28 agosto 2016 às 14:52

Estimado poeta e escritor Críspulo Cortés Cortés

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 28 agosto 2016 às 14:51

Estimado poeta e escritor Elías Antonio Almada

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 28 agosto 2016 às 14:50

Queridíssima poeta e escritora Loubah Sofia

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 28 agosto 2016 às 14:48

Queridíssima poeta e escritora Maria-José Chantal F. Dias

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 28 agosto 2016 às 14:27

Queridíssima poeta e escritora Maria Iraci Leal

Comentário de Antonio Domingos Ferreira Filho em 26 agosto 2016 às 2:19
Prezada amiga Sílvia
Depois de ler inúmeras vezes,cada vez mais, me senti abduzido pelo inusitado;como quem olha e nada vê.Gosto de tecer algum comentário segundo as minhas perspetivas diante da Poesia .Para mim é como um aprendizado e um deleite da leitura.Senti a beleza criativa neste belo Poema,laureado por mais que merecido prêmio.O Poema parece-me querer desafiar o leitor por tal teor criativo quando o próprio Poema desafia a si mesmo,como quizesse dizer;Tu que me lês agora,descubra-me o que são versos e poesia é quem sou eu é o Poema;Descubra os enigmas da Poesia,se tu Oh leitor és capaz de ler e entender? Uma reviravolta se dá na última estrofe "meu sentir, e se errei..." ,aqui neste pequenino trecho, mas de extensão poética e reveladora, a Poetisa se deixa humanizar por capricho ou por forças centrífugas deixando transparecer um fio da lâmina de sua alma.É por isso, este pouquinho que penso ter visto que faz de seu Poema uma obra de Arte da escrita.Parabéns por obra de Excelência.
Seu amigo das letras
Antonio Domingos

Fotos

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Poema ao acaso...

PLATAFORMA LATTES

É possível registrar, para efeitos acadêmicos, os textos publicados no Portal PEAPAZ. Quando se realiza o login na Plataforma Lattes, do lado direito da tela aparece uma janela com a pergunta: "O que você quer registrar?" com a listagem dos tipos de publicações a serem registradas. Entre essas, consta: "Redes Sociais, Websites, Blogs", onde o autor deverá clicar. A partir daí abrirá uma janela, na qual se realizará o registro. É necessário preencher todos os espaços.

Badge

Carregando...
*