SÓ VOCÊ

Voce me faz levitar
entre andorinhas, asteróides,
me leva para o inimaginável,
nasce, gosto bom, em minha boca.

Voce me conduz ao êxtase
me faz um humano andróide,
sua malícia beira o improvável,
bem atrevida, castidade pouca.

Inexiste parâmetro para seu amar,
desequilíbrio que me harmoniza;
mãos perdidas, lábios de se ter;
mente, ousada, impensada sintetiza,
delícia de atrevimento, delírio de prazer.

[gustavo drummond]

Exibições: 22

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 10 setembro 2017 às 4:32

 Extremamente rico de emoções!

Belo, muito belo!

Parabéns e Felicidades!

Beijossssssssss

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...