Tardes que se aveia dos encantos

Elastizando a noite onde os sentidos se encontram

Esparece da lua  tocados pelas folhas  os belos sentimentos

Traduzem dos versivos os tantos que si vai

Caminhos para a vida onde o querer acontece

Sombras se atilham dos teus olhos  flechando os fulgores

Vasto que conseguirá ir de onde vem os olhares dos ventos

Campos ilustrados  catequizam das palavras o silabo

Nosso amor é beijado pelo tempo  catolicizado  pela bocas do destino

Onde os ecos elevam-se dos gritos

Desejos arejando nossos corpos de amor

Autor: José Carlos Ribeiro

02/02/2018

imagens google

Exibições: 173

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Dulce de Souza Leao Barros em 3 fevereiro 2018 às 7:02
Lindo! Pura emoção!
Comentário de Elisiário Luiz em 2 fevereiro 2018 às 18:40

Simplesmente rico sempre em um largado lirismo...fique Bem! 

Comentário de Elías Antonio Almada em 2 fevereiro 2018 às 16:15

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 2 fevereiro 2018 às 15:29

Belos versos apaixonados. Parabéns José Carlos.

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço