─═ڿڰۣڿ☻ڿڰۣڿ═─ Sonhei contigo [prosa poética] ─═ڿڰۣڿ☻ڿڰۣڿ═─


Sonhei contigo

Sonhei contigo.
Vestias terno branco, gravata vinho e um sorriso inigualável na boca. Tua boca continha todos os sagrados pecados do Universo, em contraste à pureza do teu olhar.

Sonhei contigo.
Vestias terno branco, gravata vinho, sorriso inigualável na boca e uma sensualidade única no caminhar. Teu caminhar que respirava jeito de macho que se entende macho e se deseja macho.

Sonhei contigo.
Vestias terno branco, gravata vinho, sorriso inigualável na boca, sensualidade única no caminhar e trazias uma flor cor de sangue na lapela. Tua lapela, onde todos os perfumes jamais exalariam o cheiro da tua pele.

Sonhei contigo.
Vestias terno branco, gravata vinho, sorriso inigualável na boca, sensualidade única no caminhar, flor cor de sangue na lapela e um calor de sedução em cada palavra. Tua palavra, à qual nenhuma outra se iguala, porque se confunde aos encantos da paixão.

Sonhei contigo.
Vestias terno branco, gravata vinho, sorriso inigualável na boca, sensualidade única no caminhar, flor cor de sangue na lapela, calor de sedução em cada palavra e um gosto de mente em nudez. Tua nudez, ah! tua nudez! A única que, por toda uma vida, se me apresentou vestida de amor!...

Sonhei contigo...


Sílvia Mota a Poeta e Escritora do Amor e da Paz
Cabo Frio, 23 de maio de 2009 - Início: 16h44 -Término: 16h54

Fundo musical: Enrique Chia. Amor eterno

Exibições: 226

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Críspulo Cortés Cortés em 25 agosto 2017 às 6:20

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 24 agosto 2017 às 16:00

Sílvia se for da sua concordância eu propunha que no tópico criação de imagens alguma das artistas poetas ilustrar o meu poema história infantil com uma imagem que a leitura lhe suscitasse.. evidente que os créditos seriam para a criadora isto se realmente aquela historinha valesse a pena ,o casamento da joaninha . vejo por aqui criações tão bonitas que me atrevi .... beijonhos

Comentário de Etelvina Gonçalves da Costa em 24 agosto 2017 às 15:54

Adorei .o seu poema a imagem condizente e fui ao céu quando ouvi amor eterno   ..... choro sempre ... beijinhos

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 14 setembro 2016 às 0:15

Querida Lufague,

Tua leitura é uma felicidade.

A releitura, uma honra.

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 14 setembro 2016 às 0:15

Querida Marcia Portella

E os sonhos persistem, ainda que morta a realidade...

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 14 setembro 2016 às 0:14

Querida Lais Maria Muller Moreira,

Encantada, com teu comentário...

Comentário de LUCIA GUEDES (Lufague) em 13 setembro 2016 às 22:59

Um encanto para ser relido...

Comentário de Marcia Portella em 12 setembro 2016 às 21:18

Voltando para sonhar contigo...Te abraço

Comentário de Lais Maria Muller Moreira em 12 setembro 2016 às 21:15

Delicadeza ímpar....estupefata me prostro , face a elegância das letras!!!!!!!!

Bravo!!!!!!!!!!!!!!!

beijos

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 12 setembro 2016 às 12:13

Querido amigo Críspulo Cortés Cortés,

Sempre presente nos meus versos...

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...