*

Esta é a paixão aflorada

E desabrochada em versos.

No verso e no reverso,

Expandido pelo amor latente.

Amor este que infla o coração

 *

Despejando nas páginas da vida

Um romance tão pungente,

Que me faz alcançar a lua,

Gritando aos quatro ventos,

Até,como louco,no meio da rua

 *

Esta é a paixão aflorada

E desabrochada em versos.

No verso e no reverso,

Expandido pelo amor latente.

Amor este que infla o coração

Que eu amo quem eu amo

E enquanto aprendo a amar bem mais

Perfazendo a minha falta presencial

Desfraldando a bandeira do mais,

Mais amar, mais querer, mais sorrir,

 *

Num doce affaire em manancial

Que é marcante e delicioso

Sempre novo, sempre fanal

Amar insistente e glorioso

Que nunca,jamais terá final

 

Esta é a paixão aflorada

E desabrochada em versos.

No verso e no reverso,

Expandido pelo amor latente.

Amor este que infla o coração

**

Dely Thadeu Damaceno

 



Exibições: 45

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Sandra Galante em 26 outubro 2017 às 15:49

Comentário de Dely Thadeu Damaceno em 8 maio 2017 às 10:50

Agradeço-vos querida poetisa Vera Regina Cazaubon pela vista em minha pagina e seu comentário animador!@

Comentário de Vera Regina Cazaubon em 7 maio 2017 às 23:09

Esta é a paixão do passageiro da vida que desceu na estação do amor e por certo "Que nunca,jamais terá final". Excelente poeta, parabéns

Comentário de Dely Thadeu Damaceno em 25 abril 2017 às 2:14

És  com  mucho gusto amigo Iván que recibo su presencia em mi pagina y su conmentario positivo.Gracias´por su amistad!

Comentário de Iván em 24 abril 2017 às 18:18

Sí...

Cuando el amor llena el corazón...

... lo llena de alegría, poder, y vida.

Gusto de leerte, amigo Dely.

Que tengas un gran día. 

Membros

Poema ao acaso...

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...