TRINTA E DOIS ANOS DEPOIS

Tem um sabor especial este dia
Recordo que trinta e dois anos depois
Íamos nos casar... Jovens e com olhos para frente
Na semana anterior fizemos no civil
Tão discreto foi que quase ninguém soube
A cerimônia oficial era na Igreja
 
Eu e tu, tu e eu e muitos convidados...

Dinheiro era pouco e os foram oferta do padrinho
O coitado era padre, o Padre João e trouxe da Ilha da Madeira
Imponente e bela estavas tu e eu? Como sempre
Sempre pacato e discreto, mais expunha tua beleza...
 
Ainda é assim hoje, vamos a Igreja logo dar Graças a Deus
Nestes trinta e dois anos, muito me perdoaste
O ser humano não é perfeito e eu sou um deles
Sem duvidas que terei mais para ser perdoado...

Devo esperar de ti misericórdia e tolerância
Eu sei, amor, que muito mais mereces
Pois és a minha rainha e pouco eu te posso dar
O meu amor e a minha dedicação e... Minha teimosia
Infelizmente, eu tento, mas não consigo deixar de sê-lo
Selo com um beijo este dia que quero que seja de PAZ E AMOR!
 

João Pereira Correia Furtado
Praia, 17 de Dezembro de 2015
http://joaopcfurtado.blogspot.com


Exibições: 358

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Janete Francisco Sales Yoshinaga em 18 dezembro 2015 às 6:19

Um encanto de publicação,

um acróstico belíssimo...

A apresentação impecável,

a música que o acompanha trazendo mais brilho ainda...

Mil aplausos querido poeta e amigo João...encantada!

Beijos

Comentário de Marcia Portella em 17 dezembro 2015 às 16:47

Poeta João ,essa foi a postagem mais linda que vi esse final de ano...

Que o amor e a paz esteja sempre com vocês...Abraços

Comentário de Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Sílvia Mota Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ em 17 dezembro 2015 às 11:26

Um belo acróstico!

Bela musa inspiradora!

Parabéns, querido amigo, poeta e escritor João!

Comentário de João Pereira Correia Furtado em 17 dezembro 2015 às 9:11

Obrigado de coração MIL.

Comentário de Maria Iraci Leal em 17 dezembro 2015 às 8:54

 João Pereira Correia Furtado

Querido amigo e poeta João, belíssimo acróstico em homenagem aos seus 32 anos de casamento! E que Deus abençoe este dia com alegria, paz e muito amor e que se repita por muitíssimos anos ainda, parabéns para os dois, grande beijo MIL.

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Autores em destaque - hoje 

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...