A vida é curta:um grito

um beijo,um sino.

Assim o instante

...se encerra e a existência

encontra o final

para servir de alimento

às estrelas,ao éter ardente

ao espaço fluido

para sempre...

...em meio ao silêncio denso

com todos os sons

pairando no ar e um vento

que não acha nada para vergar...

                                                                 Marcia Portella

(  Em uma tarde de 10 de fevereiro de 2018

Imagem_Gerrad Duram

Som_Athousand Years

p>

Exibições: 119

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Marcia Portella em 26 fevereiro 2018 às 18:34

Aos poetas Neide,Elisiário,José Aurélio,Elias,Benedito,José Carlos e Vera que por instantes ao lerem meus versos, estiveram em mim.

Gratidão sempre

Comentário de Vera Regina Cazaubon em 14 fevereiro 2018 às 17:02

Minha amada um poema que brotou e germinou em tuas palavras, profundo, melancólico, com inúmeras verdades armazenadas na essência de teu ser. Beijokas com carinho 

Comentário de JOSÉ CARLOS RIBEIRO em 14 fevereiro 2018 às 13:59

Lindo e maravilhoso poema que nos encanta, simplesmente belo

Comentário de beneditocglima em 13 fevereiro 2018 às 9:23

SENSACIONAL.

Comentário de Elías Antonio Almada em 11 fevereiro 2018 às 19:12

Comentário de José Aurélio Medeiros da Luz em 11 fevereiro 2018 às 18:40

Tocante poema, cara Marcia Portella:

Em sendo nós  outros poeira  reorganizada de estrelas, os seus belos e contidos versos encerram mesmo o ciclo ao nos remeter novamente, como alimento, aos astros... E, afinal, fina-nos a sombra tênue de nosso existir, as sombras paradoxais dos mais intangíveis arcos-íris. Abraço do j. a.

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 11 fevereiro 2018 às 16:42

Maravilhosa postagem Marcia. Um conjunto perfeito.

Comentário de Elisiário Luiz em 11 fevereiro 2018 às 16:31

Congratulações Amiga...

Com um quê nada sempre.../

...eis este acurado infausto /

Num determinado instante /

...ser torna tudo tão evidente.../ Fique Bem ... Abraços!

Membros

Aniversários

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço