Sou um pobre cão abandonado,
a única que mais quero,
é ser bem amado.

Trago no meu olhar distante,
parado e entristecido,
a esperança de um dia ser querido.

Desculpe-me pois não quero te incomodar,
apenas busco incessantemente em cada ser humano,
um pouquinho de carinho e atenção,
e como forma de gratidão,
ganharás minha alegria,
vinda través de meu olhar,
uma pequena lambida,
ou irei minha cauda abanar.

Estou cansado de ser humilhado,
desprezado e para trás deixado.


Um pequeno cantinho,
com água, comida e carinho,
já são suficientes,
para minha amizade e fidelidade conquistar.

Não necessito de excessos e vaidade,
o pouco que me doares,
já me trará imensa felicidade.

Quero de coração te doar,
minha enorme capacidade,
de perdoar e amar.

Mesmo quando tu não me compreendes,
e muitas vezes até me repreende,
estarei assim mesmo lá,
fazendo companhia ao seu lado.

No meu pequeno coração,
carrego a esperança de te encontrar,
enfrentando a dura realidade das ruas,
mas sem nunca deixar de sonhar.

Elza Ghetti Zerbatto

Exibições: 53

Os comentários estão fechados para esta mensagem de blog

Comentário de Geraldo Coelho Zacarias em 18 março 2017 às 18:43

Quem ama ao CRIADOR...Ama as Suas Criaturas!...
Que coisa tão linda e tão agradável de se ler!...Tantas verdades!...Tantos argumentos que tocam profundamente os corações até mesmo dos mais insensíveis!...Aplausos e fraterno abração.

Comentário de Dione Fonseca de Barros em 21 fevereiro 2017 às 12:46

Amei seu  poema. Estou caindo 

 Bjus

Comentário de Maria Iraci Leal em 17 fevereiro 2017 às 17:46

Elza Ghetti Zerbatto

Querida Elza!

Me tocou no profundo de meu coração,

são seres tão amorosos

e muitas vezes tão maltratados,

emocionado com o teu poema, bjs MIL.

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 17 fevereiro 2017 às 2:23

Partiu meu coração!

Penso que se pudessem falar, seria isso que diriam.

Bravossss, querida Elza.

Emocionante, poema.

Bjssss.

Membros

Poema ao acaso...

Pensamento do dia

Portal para 38 Blogs-Sílvia Mota

Badge

Carregando...