Um amor Amigo,

aquele que me fez ninho.

Meu amado ser alado,

faz adejar meu corpo mimado.

 

Sem pressa, você

 eleva a “T”

Assim, suavemente

na candura do quente.

 

Insólito amor crescente

da gente!

Você me faz ficar valente,

como uma estrela fulgente.

 

Enlaço gostoso que me traz inspiração,

pelo encanto de um só coração.

Cláudia Gama - PEAPAZ

Foto: Google

01-02-2013

Exibições: 249

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 4 novembro 2015 às 17:49

  Agradeço queridos!

  Beijos e abraços

Comentário de Ka Santos em 23 outubro 2015 às 9:54

Linda e quente cadência.... 

Comentário de Arlete Brasil Deretti Fernandes em 22 outubro 2015 às 9:49

Querida Claudia.

Relendo teu doce poema, de um amor envolvente.

Muito belo.

Beijo da Arlete.

Comentário de Maria Iraci Leal em 22 outubro 2015 às 7:20

 Lúcia Cláudia Gama Oliveira 

Encantada com o teu poema, belíssimo, parabéns querida Lúcia, bjs MIL.

Comentário de Críspulo Cortés Cortés em 22 outubro 2015 às 3:58

Comentário de Dione Fonseca de Barros em 22 outubro 2015 às 3:09

Tão lindo. Amei melodia,enfeite e musica. me tembla

 celtas. belo ]

 bjus

Comentário de Mônica do S Nunes Pamplona em 22 outubro 2015 às 2:36

Relendo, teu lindo poema.

Bjssss

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 7 março 2013 às 1:32

Obrigada, Arlete!

Beijo no coração.

Comentário de Arlete Brasil Deretti Fernandes em 7 março 2013 às 1:03

CLAUDINHA!

Muito belo, doce e suave o teu poema.

Nele cantas um amor lindo!

Beijosssss

Arlete

Comentário de Lúcia Cláudia Gama Oliveira em 6 março 2013 às 23:53

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço