O que hei de fazer Manoel de Barros?
Um repente para a sua poesia?
Visitar a sua fazenda no Pantanal?
Morar em Campo Grande para me contagiar com sua alegoria?
Pisar em seu chão entre currais e terreiros?
Ver os bichinhos da terra e sentir os seus cheiros?
Tudo isso para mim é um exercício mental.
Deparar-me com o orvalho nas flores, no renascer do dia.
“Ter orgasmo com as palavras” é ser poeta.
O sol e o arco-íris estarão sempre juntos.
Mesmo distantes no céu, serão inseparáveis,
Para que comportem quimicamente tal beleza.
E aos nossos olhos e sentidos, que esses ligamentos
Sirvam de exemplos poéticos aos seres incontáveis
Que mantém viva a inspiração do atleta
Que das palavras fizeram a poesia da natureza.

Leomária Mendes Sobrinho
Antologia Poesia Pau Brasil / 05/06/2017
Poesia em Homenagem ao Poeta Manoel de Barros
“Ter orgasmo com as palavras.”disse Manoel de Barros

Exibições: 26

Comentar

Você precisa ser um membro de Poetas e Escritores do Amor e da Paz para adicionar comentários!

Entrar em Poetas e Escritores do Amor e da Paz

Comentário de MARGARIDA MARIA MADRUGA em 22 fevereiro 2018 às 21:34

Bela homenagem.

Comentário de Elías Antonio Almada em 19 fevereiro 2018 às 20:44

Comentário de JOSÉ CARLOS RIBEIRO em 19 fevereiro 2018 às 8:21

Lindas palavras que codificam as mais belas essências das belas inspirações

Comentário de Elisiário Luiz em 19 fevereiro 2018 às 1:21

 Uma notável joia se adere à s sua conclusões Fique bem ... Abraços!

Membros

Designers PEAPAZ

*Sílvia Mota*

*Margarida*

*Nara Pamplona

*Livita*

*Imelda*

*Toninho*

Poema ao acaso...

Visitantes

Badge

Carregando...

© 2018   Criado por Sílvia Mota.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço