Pode ser uma imagem de gato 

 

 

 

A gata da vizinha Uma história verdadeira

De Té

 

Minha noite, foi madrugada

De hora a hora levantada

e de corpo tão gelada

ouvia a porta bater ...

 

Vi uma sombra, a rodear

e assustada, fui-me deitar

Toda eu, estava a tremer

Precisava de aquecer

 

Mas depois de repousada

já mais pacificada

Toda afoita, fui espreitar

Cousa alguma, havia de ser

 

E ora o que havia de ser?

Era a gata da vizinha,

com uma ninhada, a nascer

Na minha porta, a bater

 

Um pouco atordoada

Não era noite nem madrugada

Parecia, que nem via nada

Era o sono a martelar

 

Naquela hora, manhãzinha

e a gata coitadinha.

O que havia de fazer?

Levei-os pra minha cama.

 

E, com todo o meu afago

aconcheguei-os a meu lado

Sete gatinhos esfomeados

aferrados ,às tetas da mama gata

 

Acabei por adormecer

Tal o sono me tomou

Já era quase meio dia, abri os olhos

o que ouvia ,a vizinhança cantava

 

Batiam palmas atordoados

Viram a porta escancarada

e todos assarapantados

o cenário observavam

 

O cenário melodramático

Não era mais que o facto

dos factos de uma noite

emocionada, que teve um final feliz

De Té 07/05/2022

Setúbal

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ