Cantigas de amor( Cantilena)

 

 

9721582079?profile=RESIZE_710x

 

Cantiga de amor/Versejar / Cantilena 

 

Pelas águas, dos montes.

Pelas águas, das fontes.

Da terra e do mar….

Caiem minhas lágrimas.

De mágoa, e temor.

Do céu, a esgotar….

 

No meu versejar.

Eu quero deixar.

As súplicas inúteis….

Pelas ruas mortas.

Com cerradas portas.

Para que não escutem..

Meu lamento de amor.

Minha voz tão louca.

Por ti a chamar

 

Ai! Ai! Ai !Ai! Ai! Ai!

Meu amor, se fez ao mar....

Meu amor, se fez ao mar....

Meu amor se fez ao mar....

 

Era a madrugada em flor.

Era a brisa do mar.

Era pureza e força.

Onde me ia abrigar.

Era o meu amor.

Em oceanos de temor.

Meus segredos a guardar.

Ai! Ai! Ai! ....Ai! meus segredos a guardar.

 

Fiquei na praia deserta.....

Minha alma a desnudar....

E a morte que é tão certa...

Ali me iria buscar…….

Ai! Ai! Ai!Ai! Ai! Ai! Ai!......

Ali me iria buscar.

 

Chamava por meu amor...

Antes da morte chegar...

Que abrassa-se meu corpo

Já inerte a esfriar.

Ai! Ai! Ai! Ai! Ai! Ai! Ja´inerte a esfriar...

 

De saias pela cabeça, de capotes a esquentar,

O vento que se levantou.

Algo vinha anunciar.

 

Os prantos das velhas tontas.

De seus lentos caminhares.

Descalças pelo areal branco.

Como branco é o rendilhar.

Das ondas que se espraiavam....

Murmurando vozes de mares.....

 

Despovoam-se serras e montes, e as fontes a secar.

Os rios tão apressados, nesse queixume a acompanhar.

Ao mar ali se iriam juntar

 

E no vale mais profundo, lá vai ela a sepultar……

Mas leva no coração, seu amor que anda pelo mar

Ai! Ai! Ai! Seu amor lá longe no mar.

Ai! Ai! Ai! Seu amor lá longe no mar. 

 

De Té 

De Té

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

  • OURO PEAPAZ

    Muito bonito o seu versejar. Há muito encanto em cada verso. É do seu estilo. Parabéns!

    • Obrigada Margarida  sim é meu estilo Este poema às mulheres  que choram quando os seus homens estão em perigo no mar está musicado também eu dei o poema   Desculpem tenho andado muito arredada da escrita . Ando cansada sem animo . sempre doente fui recentemente operada à vista, e as tensões muito desordenadas .  . Beijinhos da amiga Té 

    • OURO PEAPAZ

      Desejo melhoras Té. Ânimo também me falta. Mas temos que ir em busca dele.  O artista é imortalatravés de suas obras! Seu estilo é registrado nelas.

This reply was deleted.