Seduções

Seduções

Não sei o que me leva a ti lembrar
Passado distante,
Nunca fomos mais amantes que agora.
As almas se encontram
Se fascinam, criam poesias.
Criam lembranças.
Gostar de você,
Ás vezes machuca.
Mas, queria tirar esse tumor da mente, do coração.
Na verdade, lembro até de quando pegou-me no colo,
Para ir à escola.
Agora, cada um em seu destino.
Mas, meu menino,
Não consigo desistir.
Ás vezes, a vida é ingrata,
E amor machucado
Fica para vida toda.
Mesmo nas seduções d'alma,
Controlo meus pensares,
E, me seduzo apenas a escrever:
"Que saudade de você!"
Mas, o tempo é mestre de tudo,
E, o mundo circula,
E, sem limites para sonhar,
Vivo muitas vezes uma versão criança,
Com a esperança de te amar.

Manuscrita em São Paulo, 31 de julho de 2020.
Publicado num site brasileiro e outro em inglês.

Tereza Cristina Gonçalves Mendes Castro,
Ofereço a todos que me conheceram em minha adolescência, em especial WRCS. Um alguém especial.
Na imagem da direita para a esquerda para a direita, estão minha amiga de infância Rita de Cássia, sua ex cunhada, sua priminha Viviane e eu, Teka Castro com 14 anos.

7178979501?profile=RESIZE_710x

Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

  • Saudade... Que lindo Poema!

    Me fez retornar a tempos passados...

    beijinho

  • "Mesmo nas seduções d'alma,
    Controlo meus pensares,
    E, me seduzo apenas a escrever:
    "Que saudade de você!" 

    Prezada Escritora e Poetisa Tereza Cristina.

    Destaquei parte de seu belíssimo Poema, onde sentimos algumas dualidades de sentimentos que elevam e excelência do Poema-Texto.Recordações retornam ao passado e logo estão presentes, assim segue-se a vida.

    Li o seu poema Imediatistas o que concordo plenamente com o conteúdo mensagem. 

    Pessoal: Quando publico textos longos e não imediatistas nos sites ou outro lugar observo que raro é quem lê.. O título do assunto importa na leitura ou não, um absurdo. Publiquei uma poesia e ninguém leu sequer então comentou para até aqueles que gostam do que escrevo, Exclui o texto poema, reduzi e pus um Título Atrativo, e aí leram.

    Parabéns por esta sua publicação. Lindas recordações na foto.....Adorei.....desculpas pelos pitacos deste poeta amador.

    abraços e antonio domingos

This reply was deleted.