SER NADA.....

 

9610504852?profile=RESIZE_400xSER NADA

 

 

Há uma mulher, que renova a esperança.

no acto único, de parir uma criança.

 

Há uma mulher, que percorre o tempo apressada

Em busca de tudo, de um pedaço de quase nada

 

Há uma mulher, encostada à janela

Esperando serena porque quer ser bela

 

Há uma mulher, que já não tem janelas na ruela

Há só tristeza, no olhar dela.

 

Mas a mulher entra no jogo

E no caminho só há tojo

 

Passa uma mulher, em silêncio procura nada

Em busca de tudo ,não quer ser encontrada

 

Há uma mulher, que mede a sua vida

Com réguas do tempo ,sem tempo sem medida

 

Colhe apenas uma flor orvalhada

Pelas lágrimas ,duma manhã mal acordada

 

Há uma mulher e o filho está doente

A vida em guerra, sem amor ausente.

 

E tenta agarrar o dia que passa

Tenta retocar a sua graça

 

Mas essa mulher está só, triste e perdida

Numa guerra absurda...Está vencida

 

Mas há uma mulher numa guerra absurda….

Recusa perder a luta que trava….

 

Porque ser mulher não é ser nada.

Anónimo

 

Presentemente está em anónimo

 

 

Encontrei este poema nos rascunhos de mi-poemas para terem a sua vez de irem para publico .Dei-me com este que gostei e propus-me a traze-lo para o blogue. No entanto não coloquei o meu nome porque não tenho a certeza se é meu dado que misturados aqueles que sei na integra que são meus e assinados rubricados e tem o toque que não enganam que são meus fiquei com dúvidas dado estar a recuperar temas desses mil e um poemas da Té mas coloquei no Peapaz

se alguém tiver conhecimento deste tema agradeço informar.

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

This reply was deleted.