TROPEÇOS

8580538468?profile=RESIZE_710x

TROPEÇOS

Ó vida bela, ó vida engraçada,

Muita gente querendo ser culta postando frases fragmentadas ...

Trechos de poemas feitos por outros,

Que assim, em pedaços poucos,

Conseguem culpar sempre os outros...

Ó vida bela, ó vida engraçada,

Você é sempre a vitima e nunca a pessoa errada.

Toca a vida sem responsabilidade e quando a vida te cobra, adivinha?!

É sempre a pessoa coitadinha!

Que tal ao invés de apenas copiar parte da criação alheia,

Tirar do seu cérebro a teia e começar a pensar...

Reconhecer onde erras, já será um começo,

Afinal, quem na vida não dá tropeços?...

Tento aqui te alertar,

Para quando voltar a tropicar,

Que não seja o chão mais uma vez o culpado, quiçá seu sapato...

Que seja maduro para admitir,

Que se tivesse prestado atenção ali,

Não seria o chão um vilão!

O chão presta seus serviços parado, calado - somos nós que nos movemos sobre ele - e ainda assim o culpamos quando tropicamos!

E na vida,

Será que quem julgas ter lhe causado a ferida,

Não seja na verdade o remédio?!

Concluindo assim, que embora se julgue como vítima, és a real causadora do seus problemas, que pena!

Danilo Castilho

fonte:https://www.pensador.com/textos_de_escritores_famosos/

Votos 0
Enviar-me um e-mail quando as pessoas deixarem os seus comentários –

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Portal PEAPAZ.

Join Portal PEAPAZ

Comentários

  • OURO PEAPAZ

    Adorei, muito reflexivo!

    Ótimo questionamento!

    Abraços poéticos

  • Julgar-se como vítima de tudo nada mais é do que autopiedar-se. A  autopiedade é um dos piores sentimentos humanos. Também corre em paralelo aquele que nada assume que sempre joga as responsabilidadades dos fracassos aos outros sendo sempre a vítima como está no texto do Danilo Castilho.

    É um texto para uma reflexão acerca de nossas atitudes.

    Agradecido amiga Patrizia por esta bela postagem.

    Antonio

     

This reply was deleted.