Todos os posts (6382)

Classificar por

A um amigo (Reposição)

 

 

9857496867?profile=RESIZE_400xA um amigo

De Té

 

Repare meu amigo, que louca sou!

Sou louca, sou poeta inquietada!

Já não tenho sonhos desertaram!

Agora agitação desordenada!

Afaste-se de mim ide sossegado!

Agarre-se à vida trivial. É a real!

Quem sonha, seu ser fica abatido!

Despojos de

Saiba mais…
Comentários: 0

O que mais importa nesta vida

 

 

 

9833684683?profile=RESIZE_710x

 

 

O que mais importa nesta vida

De Té

 

O que mais importa nesta vida são as ações

São as palavras que doem ,e vão doer sempre.

O que mais sangra, são as mentiras dolorosas

Essas nunca esquecem, difíceis de perdoar

 

O que mais cansa são as pessoas

Saiba mais…
Comentários: 0

Muros

 

 

9833396486?profile=RESIZE_584x

 

Muros

De Té

 

Dos muros carcomidos de ilusões,

crescem eras duma nova esperança.

Fecho os olhos para não soluçar.

e vejo sombras de mil cores ao luar.

 

Os horizontes crescem no meu eu.

encharco-me, no meu sonho tão plebeu

Envolvo-me em nadas com ardor e fé

Saiba mais…
Comentários: 0

Pequenas coisas

A cada dia desde o momento em que me levanto
Até o instante que reencontro-me com os sonhos
Procuro nas pequenas coisas os versos do que canto
Em uma poça ou na lágrima escondida é assim que componho

Não não que eu faça ideia do que é ser compositor p

Saiba mais…
Comentários: 1

Algodão doce

A delicadeza de um toque um carinho
Algo doce um brilho um sorriso um algodão
Uma voz talvez uma seresta um violão
Um suspiro seu corpo sob os lençóis de linho

Vejo as pessoas cercadas de solidão
Salgadas por lágrimas ácidas sem colo
Se eu pudesse da

Saiba mais…
Comentários: 0

Versos doces de uma fantasia

Não nascemos para viver sozinhos
Precisamos da urgência do calor do carinho
Mas é na solidão que a vida nos ensina
Os conselhos as imagens de como tudo termina

E eu acredito nessa vida insana de conquistas e perigos
Ainda que me deite nas linhas dos v

Saiba mais…
Comentários: 0

Cantigas de amor( Cantilena)

 

 

9721582079?profile=RESIZE_710x

 

Cantiga de amor/Versejar / Cantilena 

 

Pelas águas, dos montes.

Pelas águas, das fontes.

Da terra e do mar….

Caiem minhas lágrimas.

De mágoa, e temor.

Do céu, a esgotar….

 

No meu versejar.

Eu quero deixar.

As súplicas inúteis….

Pelas ruas mortas.

Com cerrada

Saiba mais…
Comentários: 3

LACUNA DO TEMPO

 

 

 

9680874276?profile=RESIZE_400xLacuna do tempo

De Té

 

Já nem sei quem sou

Nem se me perdi

O que faço agora

Ando por aqui

Que procuro então

Já não é por ti

Partiste para longe

Assim te perdi

Vagueio no espaço

Procuro tua voz

Não a esqueci

Perdidos estamos

E depois de mim

E depois de ti

E depois

Saiba mais…
Comentários: 1

Alvorada do amor

 

9663158076?profile=RESIZE_180x180

 

 

 

Alvorada de Amor

De Té

 

 

De cor em cor

Entre filigranas de luz

A manhã nasce linda.

A folhagem sorri sem dor

O verde,essência de vida ,reduz

a tristeza, que resta ainda...

De uma noite solitária e negra,

sombreada de mistérios

Dilui-se na esperança de um d

Saiba mais…
Comentários: 3

SER NADA.....

 

9610504852?profile=RESIZE_400xSER NADA

 

 

Há uma mulher, que renova a esperança.

no acto único, de parir uma criança.

 

Há uma mulher, que percorre o tempo apressada

Em busca de tudo, de um pedaço de quase nada

 

Há uma mulher, encostada à janela

Esperando serena porque quer ser bela

 

H

Saiba mais…
Comentários: 1

O vento matreiro

 

 

 

O vento matreiro

 

Lá fora o vento embravece

e meu coração a acelerar

Meu corpo tremulo entorpece

Temendo deste abanar

que me está a amedrontar

Temo desta vibração

que me salta do coração

Meu corpo se revolta

pois desatina minha apreensão

Sai vento espertal

Saiba mais…
Comentários: 3

Desfolhando meu devaneio

 

 

 

 

 

Desfolhando meu devaneio

De Té

 

Deixa-me acalmar para que enfim tenha alegria.

Deixa, que esta fogueira de mim, esfrie sem agonia-

Não me falem de amor, nem me falem da morte.

A palavra amor não quero ouvir, sofri calada, fria.

Deixa-me ficar aquietad

Saiba mais…
Comentários: 3

O amor continua vivo no coração

O amor continua vivo no coração

 

Se meus olhos vires chorar

São magoas do coração

São meiguices a falar

A quem lhe diz sim e não

 

Cansei de bem te querer

Cansei para seres meu par

Cansei por não te ter

Cansei de tanto te amar

 

E se neste cansaço viver

Para n

Saiba mais…
Comentários: 2

FOI encanto

Foi encanto

Foi encanto... foi encanto
Foi louco encanto o que viste
Obscurecida com meu manto
pois mais lindo nunca viste

Meu manto lavrado
Enobrecido com brio
Aperfeiçoado bordado
O interesse determinava

Sem muita bisbilhotice
Palavras que ouvia,
encantava

Saiba mais…
Comentários: 3

Nunca me ensinaram a ter medo

A nossa alma

Nunca me ensinaram o que era ter medo Não !nunca me ensinaram Mas nunca tive medo desses tais medos

Hoje que já estou no ocaso da vida, sinto em mim que tenho medo

Então fecho os olhos, volto a ser criança

Em que tudo começa a ser novidad

Saiba mais…
Comentários: 0